EMBRAER

Apertem o cinto, privatizaram a Embraer: Negociações de venda da maior empresa aeronáutica da América Latina


SOBRE O COMITÊ E O TEMA

Os anos 90 trouxeram grandes mudanças à economia brasileira, e as empresas estabelecidas no país entraram no jogo para sobreviver às dificuldades econômicas. Gigante do mercado aeronáutico internacional.

Forte e consolidada no mercado mundial, a empresa se estabeleceu ao longo das décadas como uma empreitada de sucesso do Estado brasileiro. No entanto, a conjuntura política e econômica do Brasil trouxe à tona uma possibilidade para alavancar o potencial da Embraer: o fim do controle estatal em favor da privatização de suas atividades.

No USPMUN, os delegados representantes deste comitê terão de lidar com os principais desafios da privatização e agir da melhor maneira possível para os interesses da empresa - , considerando obstáculos judiciais, estratégicos e econômicos que seriam vitais para a sobrevivência da Embraer em um setor fortemente competitivo e sedento por inovação. permearam a questão, O estabelecimento de visando sucedê-la, estabelecendo diretrizes positivas para o sucesso futuro da companhia será o principal objetivo, decidindo o quão disposto o governo brasileiro está em compartilhar deste tesouro nacional com o mundo.

Neste comitê, os delegados terão de lidar com os principais desafios da privatização e agir da melhor maneira possível para os interesses da empresa - considerando obstáculos judiciais, estratégicos e econômicos que seriam vitais para a sobrevivência da Embraer em um setor fortemente competitivo e sedento por inovação. O estabelecimento de diretrizes positivas para o sucesso futuro da companhia será o principal objetivo, decidindo o quão disposto o governo brasileiro está em compartilhar deste tesouro nacional com o mundo.


DIRETORES

Eduardo Estivalete

- Diretor Acadêmico

Olá, pessoal! Meu nome é Eduardo Azevedo. Tenho 19 anos, e hoje curso direito (após 2 anos de engenharia). Moro na maior selva de pedra da América Latina, e não me imagino saindo daqui de novo tão cedo.

Meu interesse pelo tema do comitê foi instantâneo: desde a minha paixão por máquinas até o meu profundo respeito pela referência internacional que a Embraer é na produção de aeronaves.

Simulações fizeram (e continuam a fazer) uma parte importantíssima ao longo de minha vida acadêmica. Por meio de comitês como esse, eu espero que os delegados possam sentir a mesma magia que eu sinto ao discutir temas tão interessantes e relevantes para a sociedade atual.

Espero ansiosamente pela participação de vocês nesse grandioso evento que é o USPMUN!

Pedro Alaminos

- Diretor Acadêmico

Olá! Meu nome é Pedro Alaminos Gonçalves, e atualmente sou aluno do 4º semestre de Direito na FGV-SP!

Meu interesse por simulações em geral surgiu durante o ensino médio, quando amigos meus sugeriram que participasse. Com 5 anos de experiência em eventos do tipo, posso afirmar com toda a certeza que eles estão as principais fontes de desenvolvimento acadêmico com que tive contato.

O tema do nosso comitê também é da maior importância: não só traz a reflexão do papel do Estado no desenvolvimento econômico de um país, como coloca os delegados como membros de alto escalão de uma das maiores empresas do país, fugindo com a "mesmice" de muitas simulações que só tratam do modelo Nações Unidas e trazendo maior compreensão do real funcionamento de grandes companhias.

Espero contar com vocês nesse grande evento que é o USPMUN!

Amanda Lopes

- Diretora de Intervenção

Amanda Lopes é ingressante no curso de Engenharia Elétrica da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo.

Seu interesse pelas MUN's despertou no começo do ensino médio, quando foi apresentada a um projeto de simulação da região. Depois de participar de sua primeira MUN, com a ajuda de colegas ela estruturou um projeto para trazer as simulações para seu ambiente escolar, tendo realizado, com sucesso, a primeira edição em maio de 2017.

Além da paixão pelos debates, Amanda divide seu tempo livre (escassíssimo nesse primeiro ano de poli) entre a prática de esportes, séries e ( festinhas ) outros projetos extracurriculares da universidade.

Vinícius Amaral

- Diretor de Intervenção

Vinícius Amaral é estudante do primeiro ano de Engenharia Elétrica da Escola Politécnica da USP.

Além de um comum calouro de engenharia, Vinícius compartilha do gosto por modelos de simulação da ONU, debates políticos e esportes. Seu lado afastado do mundo peculiar das ciências exatas se entrelaça com os domínios da arte e desfruta das belezas da fotografia, seja ela de campo ou estúdio.

No que completa seu tempo livre, Vinícius admira um bom futebol e se aventura na simples porém fascinante culinária brasileira e desafia suas restritas habilidades na cozinha.

Anteriormente, vivenciou experiências únicas participando como delegado em simulações externas e internas, e se empenhando durante 5 vezes na organização do Polionu, maior simulação estudantil da América Latina. Esse ano, contudo, espera ansiosamente recebê-los nesse incrível experiência que será o USPMUN 2018.

Filipe Penna

- Diretor de Intervenção

Filipe Penna. Penna. Peninha. Natural da capital do Vale São José dos Campos, tenho 18 anos e, ainda que paulista, encontro minhas raízes familiares e culturais em Minas, onde meu profundo amor, o Galo forte lutador, trava suas batalhas.

Faço Poli, Engenharia Elétrica. Tento, também, fazer algumas outras coisas e com autenticidade, dedicação, um pouco de ironia e um bom senso de humor tento coordenar minha vida. Quase nunca no piloto automático, me inspiro em grandes referências pra continuar minha jornada como Elon Musk, Michael Faraday, Nikolas Tesla e Renan do Towner azul bebê.

Minha paixão por simulações começou em 2015, quando tive minha primeira experiência com uma MUN. Venho diretamente do PoliONU, 3 anos depois, após de duas edições como Diretor nele, procurar oferecer uma nova experiência de simulação que eu espero que seja, pra mim e pros demais participantes, novamente inesquecível. Caso queira discutir comigo qualquer aspecto do comitê ou relacionado ao transporte alternativo brasileiro, sinta-se à vontade para enviar mensagens a filipe.penna.soares@gmail.com ou me procurar no Facebook.